Fotos antigas de mulheres nuas com bambolês. Que fetiche curioso!


Minha experiência e pesquisa com bambolês me mostra que, sim, a dança com bambolês pode fazer maravilhas para a autoestima feminina. É uma dança, ora bolas. Uma dança circular, que remete aos dervishes e a rituais femininos ancestrais, que pode te colocar num perfeito transe. Uma dança que trabalha principalmente os quadris e cintura – você pode chamar de chacra de raiz ou plexo solar, pode chamar como quiser, mas o fato é que trabalhar essas regiões é trabalhar sexualidade e energia vital. Pra não falar que realizar atividades lúdicas pode ser fantástico para a redução do estresse e estímulo dos dois lados do cérebro. Quer dizer: só pode ser legal.

Até bem pouco tempo atrás, o bambolê ainda era apenas associado a brincadeiras infantis. Só recentemente (aqui no Brasil, pelo menos) que as loucas do bambolê assumiram que nunca deixaram de bambolear e agora podem ser vistas por aí dando pinta em festinhas e blocos de carnaval. Mas antes, bem antes, bambolê já era sexy – numa época em que mulher pelada aparecia emulando a vênus de Botticeli.

Pois foi a Allice RedDesire quem me contou – e de sensualidade feminina ela entende, já que é uma das poucas dançarinas de burlesco do Rio de Janeiro. Eu já conhecia esse site, já conhecia algumas dessas fotos dos anos 20 com mulheres portando bambolês, mas não sabia quem era o artista por trás: Alfred Cheney Johnston, fotógrafo do ZiegFeld Follies. Pra quem não conhece, Ziegfeld Follies era aquele show de variedades com coristas, dançarinas, cantoras, todas lindas e talentosas.

As fotos das moças com bambolês são incríveis, pode clicar neste link sem medo. Apesar de um ou outro peitinho de fora (incluindo os das jovem Louise Brooks), vai na fé que está léguas longe de ser pornografia. No artigo, a autora Lara Eastburn desvenda o mistério dos bambolês: são props e objetos cênicos, sim. Mas também são molduras e chamam a atenção para as pernas nas fotos, e podem facilmente remeter ao sol, à lua, a planetas – uma alusão aos corpos celestes.

http://www.pinterest.com/pin/190699365441955320/

Se você tiver gostado, fique com mais fotos das gatinhas do Ziegfeld Follies – seja para babar nas moças ou nos figurinos. O aniversário é meu, mas quem ganha presente é você 🙂