Movimento Circular dominando o mundo! Yay!


bambole-guadalupe003

Foto de Guadalupe Arriesgue. Muito amor!

Se você sentiu alguma alegria nas lindas fotos que ilustram essa matéria sobre bambolês na Revista TPM deste mês (fotos da querida Guadalupe Arriesgue), se liga: essa felicidade toda que eu, Didi, Julia, Camila e Beth mostramos aí não é um pentelhésimo do que sentimos não apenas ao bambolear, mas ao ver o que era apenas uma sessão de fotos se transformar numa explosão de diversão, cheia de gente – homens e mulheres, crianças e adultos – caindo na brincadeira, com aquela vista linda ao fundo e a trilha sonora de Vinicius de Moraes. Reza a lenda que o diretor do Museu de Arte Contemporânea de Niterói – que não sabia que aquilo aconteceria (nem nós, era só uma sessão de fotos!) – viu tudo com um sorriso de orelha a orelha. Sim. Aquilo era diversão, esporte, autoconhecimento e arte. Tudo ao mesmo tempo. Agradecimentos mais do que especiais à amiga e ídola Flávia Durante, que me indicou pro job. :***
A matéria está escrita em primeira pessoa, mas tinha tanta gente envolvida! Entrevistei Silvia, cantora, compositora e performer, que me apresentou ao bambolê sem nem me conhecer (obrigada, Silvia!); Lana, a primeira (que eu saiba) a juntar bambolê e praia, e deu caldo; Verinha, Mariana e Gabriela, que lá do Rio Grande do Sul são embaixadoras e estudiosas do assunto; Patricia, a primeira professora certificada; Deborah, que ajuda a espalhar alegria por onde passa com seus bambolês; Pitila, professora de Yoga, que faz uma falta danada aqui no Brasil; as queridas comparsas de encontros Camila, Didi, Julia e Beth. Eu sei que ainda tem Deby, mais Camila, IsaLennon, Barbara e uma galera, mas o espaço era limitado e espero que vocês tenham entendido o que a gente quis dizer, por que adotamos o bambolê como estilo de vida, como atividade física, como amigo inseparável.
Se, ainda assim, você não conseguiu entender qual é a onda por trás dessa alegria toda, pre-para: uma versão extended da pesquisa pode pintar por aí.
Beijo no coração – e deixa eu correr, tou numa casa grande com quintal e dois bambolês à minha disposição! 🙂
Ei, você quer um bambolê e está no Rio ou Niterói? Encomenda aqui!
E quer uma boa trilha sonora pra bambolear? Faça uma playlist com as recomendações musicais da Flávia. 🙂

Ha! (Gif e foto da Guadalupe também)


Deixe uma resposta

0 thoughts on “Movimento Circular dominando o mundo! Yay!