Cantinho do leitor – a Val também precisa de foco 2


Eis que me deparei com o comentário fofo da Val, do blog Ateliê por um fio, onde ela mostra as coisas lindas que faz em casa pra dar um ‘up’ nos móveis, resenhas de livros, acessórios de moda graciosos feitos por ela mesma… adorei, Val! Vamos ao comentário?

“Adorei o texto, é o que eu preciso FOCO, mas preciso de foco nos negocios, na dieta, no casamento, na organização…ou seja, necessito de foco em tudo e ta dificil… estou tentandobj” 

Olha, Val, esse problema em estabelecer prioridades eu meio que resolvi. Digo “meio que”, porque sempre fui dessas que, pro bem ou pro mal, “têm talento pra fazer o que quiser da vida” e “tiveram total apoio em casa pra ser feliz na vida”. Por sorte, todas as minhas áreas de interesse e aptidão têm algo em comum, e ao invés da tríade ‘preciso escolher entre engenharia, comunicação e medicina’, atuei a vida toda em artes, comunicação, cultura, educação e tecnologia, áreas que têm TUDO a ver umas com as outras, em pares, trios e combinadas ao mesmo tempo. Mas se fui abençoada por uma inteligência acima da média em idade escolar, ao mesmo tempo, nunca APRENDI a sentar a bunda pra estudar. Se fui abençoada por ter pais compreensivos e apoiadores, sempre tive muitas opções, e todas BOAS, dentro das áreas de atuação que eu bem entendesse. Quer dizer: não precisar FOCAR em algo foi uma constante na minha vida inteira, então até hoje peno pra conseguir fazer isso. Consegui resolver o meu problema de foco em TAREFAS, que era uma urgência (senão não conseguiria dar conta de tudo o que queria ou precisava fazer), adotando a metodologia da listinha de prioridades. Consegui resolver o que queria mesmo da vida – e hoje já tenho pistas importantíssimas de como consegui-las. Mas digo “meio que”, porque essa falta de foco foi uma constante na minha vida INTEIRA, então eventualmente eu DISPERSO. E preciso lembrar sempre qual é meu objetivo na vida (ou pelo menos uns três ou quatro objetivos).

Vejo que não é o seu caso (sorte a sua!) e que você já sabe o que é trabalho, o que você quer da vida… saber onde se quer chegar é o primeiro passo!

O segundo passo é mesmo fazer umas listinhas pra se organizar visualmente. Sério. Funciona pra todo mundo.

Foco em tudo não existe. Aprendi a duras penas. Foco é numa coisa só, ou em poucas. Resolvendo uma, você fica livre pra resolver outra. Umas são prioridade. Outras não. Outras são, mas se você não resolver ali, você bagunça aqui. É equilibrar pratinhos mesmo. Então vamos à lista:

Você menciona negócios, dieta, casamento, organização. Vamos lá. Sem a organização, seu negócio não anda. Sem organização, fica difícil gerenciar o negócio, o casamento, e o tempo pra organizar o cardápio em casa e poder levar a dieta a sério. Então vamos resolver a organização, certo?

Listas. Listas. Listas. Adquira o hábito de deixar pronta, de véspera, a listinha com coisas a fazer no dia seguinte. Em papel, pra você RISCAR. Sério. Compre um caderno, um bloco, anote tudo o que você tem para fazer. O que entrou depois vai pro final da lista. A prioridade é matar ESSA lista. Se o que entrou depois for REALMENTE prioritário, resolva LOGO. Não pare enquanto não riscar TUDO. Quer dizer, pare pra comer ou pra fazer coisas BÁSICAS. A sensação de ver itens sendo riscados é muito boa.

Talvez você esqueça de criar a lista. Lembre-se de fazê-la. Adicione lembretes no Gmail, no Outlook. Lembre-se de que em pouco tempo, você terá um novo hábito formado.

Agora temos negócios, casamento e dieta. Você vai virar uma workaholic, dependente de listas. Estabeleça-se limites, pra não ferrar nem com o casamento, nem com a dieta. Risque tudo, mas pare às 18h. Risque tudo, saia feito um trator, mas permita-se ter os fins de semana livres. Se seu trabalho se mistura com sua vida pessoal, estabeleça horários e metas de horas trabalhadas em casa pra passar com a família. Agora, além do foco na organização (que vai melhorar os negócios em 1000%!), você vai ter que dar um passo além: vai aprender trabalhar dentro de um horário restrito. O que quer dizer ‘saber dizer não pra um cliente que não compensa’, ‘saber delegar tarefas que só vão ocupar seu tempo’.

Com isso, casamento e dieta estão resolvidos também. Mas veja bem: uma pessoa que não come NADA pode virar uma chata, ter problemas de estômago e bafo ruim – o que estraga qualquer casamento. Então que tal estabelecer uma meta pequena pra dieta, tipo ‘menos 3kg, e me manter assim por seis meses’? Sem radicalizar. Aposto que você consegue. Como não sou nutricionista, esse é o máximo de conselho que me permito dar. 🙂 Se precisar de uma ajuda, esse livro aqui é ótimo – comprei a versão digital e não me arrependo: chama-se ‘5 ingredientes, 10 minutos’, e é uma mão na roda pra pessoa sem tempo, que quer comer algo saudável e gostoso.

E aposto que vai ajudar na dieta.

Com isso, acho que o casamento também fica sussa.

Qualquer coisa, vem aqui e me conta. E se conseguir algum progresso, me avisa, porque também estou tentando dar um UP nos negócios.

Beijos!


Deixe uma resposta

2 thoughts on “Cantinho do leitor – a Val também precisa de foco

  • Ateliê Por um Fio - Val

    Que susto !!!! Li agora este post, e NUNCA me imaginei sendo um ASSUNTO seu, tomei um susto quando vi o titulo do seu post kkkkk Você falou tudo, eu ja sou a louca das listas menina… o problema é que fujo delas, coloco coisas na frente e perco o foco rs afeee, vou levar seus conselhos a risca,e vou dar uma olhada neste livro que achei bem interessante, amo ler, obrigada por dicas tão maravilhosas e praticas.Otima semanabjosVal

  • Lia

    Ai, Val, tomara que adiante! Pra mim, tem funcionado. Como já falei, agora estou nesse segundo momento – o foco em tarefas está parcialmente resolvido, agora tento focar no MACRO, nos projetos de vida. Pelo menos a questão da produtividade já está encaminhada, porque são tantos projetos que se eu não fosse produtiva… dançaria (no mau sentido). 😉