Perguntar não custa…


…você já agradeceu alguém por algo hoje? Não aquele ‘obrigado’ padrão quando o garçom traz uma água, mas aquela mensagem para uma amiga de longa data que te deu aquele help quando você mais precisou, ou as pessoas que tornam o seu dia mais legal?

…você fez, hoje, alguma coisa da qual você se orgulhe?

…sabe aquela mudança que você quer na sua vida? Um novo emprego, uns kg a menos, mudar para um lugar maior? O que você fez hoje para que isso acontecesse ou, ao menos, te colocasse no caminho do que você quer?

Vou te perguntar de novo. Porque você talvez não tenha feito alguma dessas três coisas básicas, ou até mesmo nenhuma das três. E se eu te perguntasse por que, você não saberia dizer – nada disso depende de tempo, dinheiro, nada. Depende apenas de você. E se você não fez porque não lembrou, aproveite agora. Vai. Agradeça. Faça algo de que você se orgulhe. Faça algo que te ponha no caminho do que você quer – pode ser um pequeno passo, mas faça.

Depois volte aqui e me conte.

Beijos!
Lia